Bracara Importadora de Vinhos | 41 3566.1288  -  Vinhos no Varejo em Curitiba

Dicas Do Sommelier – Decantar ou não o vinho?

Existem basicamente duas razões para se decantar um vinho; para separar o liquido de seus sedimentos em vinhos não filtrados, como na grande maioria dos vinhos de longa guarda, e para “amaciar” os vinhos. Nos vinhos jovens que pouco passam por madeira, para serem tomados nos primeiros anos de vida, não existe grande necessidade de decantação, apesar de que até eles podem se beneficiar desse processo.

Para os vinhos de média guarda a serem tomados com 5 a 8 anos de garrafa, a decantação se torna essencial quando tomados mais cedo. No decanter o vinho entra em contato com o oxigênio que provoca uma aceleração de sua maturação, intensifica os aromas da fruta, reduz a tanicidade do vinho, evapora um pouco do alto teor alcoólico (muito comum nos dias de hoje), perde um pouco dos eventuais exageros de madeira tanto nos aromas como sabor e ganha harmonia tornando-se mais macio e menos agressivo.

Decantar um vinho de longa guarda com seus já 15, 20 anos de garrafa pode ser um enorme perigo. Devido ao tempo de garrafa o vinho já evoluiu e está mais fragilizado, podendo “morrer” se ficar no decanter por muito tempo. O ideal é decantar somente para eliminar os sedimentos existentes e servir de imediato evitando que o vinho permaneça por muito tempo em contato com esse processo de oxigenação. Nestes casos recomenda-se que se deixe a garrafa na vertical por uma 24 horas antes de servir para que os sedimentos existentes desçam para o fundo da garrafa.

Desenvolvido por Linha Urbana | Bracara Importadora Ltda © 2018